• Propor ações judiciais relativas aos direitos da empresa
  • Defender a empresa nas ações que lhe são contrárias
  • Interpor recursos perante os tribunais
  • Defender a empresa em processos administrativos
  • Representar a empresa perante os órgãos da administração pública, direta ou indireta, e perante os tribunais
  • Acompanhar o andamento das ações judiciais ou processos administrativos de interesse da empresa, inclusive em interface com os escritórios externos, fiscalizando as suas atividades
  • Redigir e analisar contratos, bem como sugerir alterações de cláusulas que possam comprometer no futuro o patrimônio da empresa
  • Emitir pareceres, responder a consultas, analisar negócios empresariais
  • Zelar pelo cumprimento das leis
  • Emitir relatórios e fornecer informações gerenciais para os gestores quanto ao contingenciamento e aos riscos processuais
  • Auditar internamente os procedimentos de outros departamentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *